A pele é a principal barreira protetora entre o nosso organismo e o ambiente externo. E para que ela exerça sua função de maneira eficiente, o pH é de extrema importância.


Mas você sabe o que é o pH da pele e por que é importante adotar alguns cuidados especiais com ele?

Sendo um mecanismo essencial de proteção, você deve entender exatamente qual é a função do pH e porque é fundamental manter os cuidados no dia a dia. Confira o que a CARE preparou sobre esse assunto!

Qual é a importância do pH da pele?

O pH é o responsável por mostrar o quanto alguma coisa está muito ou pouco ácida. Isso nos mostra qual é a condição em que a nossa pele se encontra e se o nosso manto ácido está bem equilibrado.

O manto ácido (ou manto lipídico) ajuda a tornar a nossa barreira externa mais resistente, prevenindo assim a proliferação de bactérias. Além disso, o pH ideal ajuda na restauração da flora da pele.

Como identificar se o pH da minha pele está saudável?

Existe uma escala que vai de 0 a 14 para definir o pH, dividida entre três graus: acidez, alcalinidade ou neutralidade.

Quando o pH da pele está mais ácido, seu valor é inferior a 7. Se o grau é maior que o da acidez, ou seja, superior a 7, ele está alcalino. Já um pH neutro significa o equilíbrio entre a acidez e a alcalinidade, portanto o seu grau é 7.

Agora, para que o seu pH esteja no grau ideal, o valor deve estar em torno de 4,6 a 5,8. É considerado levemente ácido, pois dessa maneira  contribui com a proteção da superfície da pele, inibindo os agentes externos.

Quais são os sintomas de um pH desequilibrado?

Quando utilizamos produtos com um pH diferente da nossa pele, alteramos a nossa barreira cutânea e prejudicamos a proteção. Por isso, é importante nos atentarmos aos produtos que passamos em nosso rosto e sempre analisar se o pH condiz com o da nossa pele.

Os sintomas de um pH desequilibrado podem incluir: ressecamento, vermelhidão, sensação de desconforto ou alguma outra alteração não habitual.

Entenda o pH dos cosméticos

O pH dos cosméticos pode tanto prejudicar como melhorar o pH da sua pele. Por isso, é importante se atentar às sensações que o produto deixa quando entra em contato com a sua pele.

Um exemplo é quando utilizamos produtos de limpeza com o pH muito alcalino e ficamos com aquela sensação de repuxamento no rosto. Isso significa que além da limpeza, o produto também removeu a oleosidade natural da pele.

Além disso, o nosso ritual de skincare  também pode interferir no pH da nossa pele. Isso acontece porque cada produto tem um pH específico para que as substâncias presentes em sua composição funcionem.

É por esse motivo que a ordem de aplicação correta dos produtos em nossa rotina de beleza é essencial para manter o cuidado com a pele.

E para evitar problemas futuros e estar sempre com a saúde da sua pele em dia, a melhor solução é optar por dermocosméticos ou maquiagens que tem biocompatibilidade com o nosso organismo!

Cuide do pH da sua pele com a CARE

Pequenas escolhas podem fazer muita diferença quando falamos sobre cuidados com a nossa pele.

Por isso, a CARE Natural Beauty está sempre em busca de novos produtos com alta tecnologia e foco na biocompatibilidade.

Tudo isso para transformar o seu momento de autocuidado também em um ritual de amor próprio. Acesse o nosso site e conheça todos os nossos produtos!